Verbo to be em 3 passos simples

Saber falar inglês pode ser uma grande vantagem tanto para o seu crescimento pessoal quanto para a sua carreira, e a base disso é entender melhor como o verbo to be funciona.

O verbo to be pode parecer complicado no início, mas depois que se entende bem como funciona e como é sua estrutura, é possível perceber que o verbo to be vai ficando cada vez mais fácil conforme o estudo vai avançando.

O caminho até o verbo to be pode não ser fácil desde o começo, mas é uma estrutura básica da língua inglesa que vai te ajudar a entender todo o resto da gramática.

Quer saber como falar o verbo to be? Confira aqui!

verbo to be
O que é verbo to be. | Foto: Unsplash.

Por que estudar o verbo to be?

Você já se perguntou: Por que aprender verbo to be? O verbo to be é o verbo mais usado no inglês, e ele corresponde aos verbos ser e estar em português, sendo essa a sua principal função. Fora isso, ele também pode ser encontrado em frases onde atua como verbo auxiliar de algum outro verbo.

Toda essa multifuncionalidade do verbo to be acaba gerando algumas dúvidas entre os estudantes de inglês, mas nada que não possa ser resolvido através de alguns exemplos. Também é possível observar o contexto em que fica claro se o sentido do verbo to be naquele caso é de ser ou estar.

Fora esses dois significados, o verbo to be também tem algumas variações para se conectar com os pronomes do inglês, sendo eles: I (eu), you (você), he (ele), she (ela), it (ele, ela e também pronome neutro usado para coisas e animais), we (nós) e you (vocês) e they (eles, elas).

Para conseguir entender a importância que o verbo to be tem na língua inglesa, considere o quanto esses verbos (que são “ser” e “estar”) são importantes na nossa língua. O mesmo acontece na língua inglesa, e por esse motivo, é necessário fazer um estudo aprofundado sobre o verbo to be para conseguir compreender as estruturas de formação das frases.

O verbo to be pode conter dois significados diferentes, como já foi dito. Ou seja, ele está presente em grande parte das frases que dizemos no nosso dia a dia, tanto as frases em inglês quanto em português, que demandam o uso do verbo ser ou estar. 

Confira alguns exemplos do verbo to be que podem contextualizar a sua aplicação:

  • I am good (eu estou bem);
  • I am from São Paulo (eu sou de São Paulo);
  • He is at home (ele está em casa).

Na língua inglesa, o verbo to be pode exercer mais de um papel além dos verbos estar e ser em português. Ele também tem a função de ser um verbo auxiliar (também chamado de helping verb), em outros tempos verbais. Isso significa que ele também acompanha o verbo que é o principal da frase.

Por esses motivos, quando se estuda o verbo to be é necessário entender com mais clareza os diferentes papéis que ele pode desempenhar em suas orações. Você deve também se atentar ao verbo to be quando está no presente, passado e também futuro. Para que não se restem dúvidas, sempre foque no verbo to be nas frases afirmativas, interrogativas e negativas, também em diferentes tempos verbais.

3 passos para aprender mais rápido o verbo to be!

O verbo to be é um verbo irregular, isto é, ele tem três formas dentro do presente simples: am, is e are, e duas formas no tempo passado simples: was e were, além de apenas uma forma no tempo futuro simples: will be, junto com uma forma no particípio presente: being, e uma no particípio passado: been.

Quando o verbo to be ocupa a posição de verbo principal da oração, se tem o sentido de ser e estar. Caso contrário, ele ocupará a posição de verbo auxiliar. O verbo to be também pode ser usado na voz passiva. 

Confira, aqui, alguns passos para aprender o verbo to be:

Conheça os verbos to be 

A primeira dica de verbo to be pode parecer óbvia no início, mas muitas pessoas não conhecem esse verbo que é tão utilizado. Ele é essencial para que se tenha uma comunicação dentro da língua, aparecendo de diferentes maneiras. Veja alguns exemplos:

  • I am sad: Eu estou triste (eu sou/ estou);
  • You are sad: Você está triste (você é/ está);
  • He/ She/ It is sad: Ele/ Ela/ Aquilo está triste (It= neutro, usado principalmente para objetos e animais);
  • We are sad: Nós estamos tristes (Nós somos/ estamos);
  • They are sad: Eles/Elas estão tristes (Eles/ Elas são/estão).

Quando se compara o verbo to be com o português, é possível perceber como o verbo muda de acordo com o sujeito, assim como o sujeito “I” usa o verbo “am”, sendo diferente das formas que ele se apresenta com outros sujeitos. Para “you, we, they” se usa “are” e, nos casos de “he, she, it”, usa-se “is”.

Entender as diferenças entre as conjugações

Foi apenas visto o uso do verbo to be no seu infinitivo (to be) e no presente (am, is e are). Contudo, já que o verbo to be também funciona como verbo auxiliar, ele pode se alterar quando é conjugado no passado.

Desapegar-se das definições em português

Para aprender o verbo to be, você não pode ficar muito focado nas suas definições em português, já que isso pode fazer com que você se perca, até porque temos uma das línguas mais difíceis que existem.

Por esse motivo, é muito importante manter o seu foco no estudo da língua inglesa, e dá até para notar como ficou mais fácil de estudar. No tempo passado, o verbo to be vai apenas se modificar de duas maneiras, “was” e “were”. Na primeira e terceira pessoa, se usa “was” e nas outras se pode usar “were”.

Aprender o verbo to be pode parecer algo muito complicado, mas usando esses passos para aprender o verbo to be você vai ter muito mais facilidade!

Compartilhe este post

Treinamentos

Quer entrar no nosso Grupo VIP?

Clique no botão abaixo para entrar no nosso Grupo VIP do Telegram

Posts Recentes

Veja também